Os nutrientes têm um papel muito importante para a fertilidade feminina e para a gravidez. Há determinados nutrientes essenciais que ajudam a aumentar as hipóteses de conceção e são benéficos para o desenvolvimento saudável do bebé.

Sem o suprimento adequado de nutrientes o organismo não funciona corretamente. Isso pode comprometer a sua saúde e vitalidade. Os processos reprodutivos também dependem de determinados aminoácidos, minerais, vitaminas e oligoelementos para funcionarem bem.

Os efeitos dos nutrientes na fertilidade feminina são muito abrangentes. Embora seja importante saber que a deficiência de certos nutrientes pode resultar na redução da fertilidade, também é importante perceber algumas das possíveis consequências. Apesar de ser possível conceber, mesmo com baixos níveis de determinados nutrientes, isso pode afetar negativamente o desenvolvimento do feto e resultar em malformações congénitas. Além disso, existem riscos para a saúde materna.

Nutrientes-chave para a fertilidade feminina

Cobre

O oligoelemento cobre contribui para o bom funcionamento do metabolismo e para a regulação das hormonas. Tanto o excesso como o défice de cobre no organismo podem afetar negativamente a fertilidade. A investigação demonstrou que as mulheres com baixos níveis de cobre são, geralmente, subférteis. Pensa-se que isso se deve a perturbações no metabolismo do estrogénio.

Continue a ler

Ácido fólico

Provavelmente, um dos nutrientes mais conhecidos e mais importantes para a gravidez é o ácido fólico. Esta vitamina do grupo B é necessária para a divisão saudável das células à medida que o bebé se desenvolve. Uma deficiência de ácido fólico pode resultar em malformações do tubo neural, da medula e do cérebro. É muito importante que as mulheres que planeiam engravidar aumentem a ingestão de ácido fólico e que as mulheres grávidas mantenham elevados níveis de ácido fólico no organismo, durante a fase inicial da gravidez, para auxiliar o desenvolvimento saudável do bebé.

Continue a ler

Ferro

Existe uma forte ligação entre baixos níveis de ferro e a infertilidade feminina. A insuficiência de ferro pode provocar a anovulação. Manter níveis de ferro saudáveis no organismo pode ajudar a reduzir o risco de se desenvolverem problemas de ovulação. Os baixos níveis de ferro também estão associados a baixos pesos à nascença. O ferro é necessário para o crescimento do feto e da placenta. É importante fazer uma gestão atenta dos níveis de ferro durante a gravidez, uma vez que quer o excesso, quer o défice de ferro podem causar complicações.

Continue a ler

Ácidos gordos ómega-3

Estes ácidos gordos essenciais são importantes tanto para a fertilidade como para o desenvolvimento saudável do bebé durante a gravidez. Alguns estudos concluiriam que os ácidos gordos ómega-3 podem ajudar a aumentar a longevidade reprodutiva. Estas investigações baseiam-se em ensaios realizados em animais, pelo que ainda são necessários mais ensaios. Uma outra investigação descobriu que aumentar a ingestão de ácidos gordos ómega-3 durante os tratamentos de FIV/ICSI pode aumentar a fertilidade da mulher e beneficiar o crescimento do embrião. Durante a gravidez, estes ácidos gordos essenciais podem ajudar a proteger o feto em desenvolvimento do stress oxidativo e contribuir para um peso saudável à nascença.

Continue a ler

Vitamina C

A vitamina C é um poderoso antioxidante que reduz o stress oxidativo e que pode beneficiar a fertilidade feminina. Alguns estudos concluíram que a suplementação de vitamina C pode ser benéfica para as mulheres que fazem tratamentos de fertilidade.

Continue a ler

Vitamina D

Também conhecida como a “vitamina do sol”, este grupo de compostos desempenha um papel essencial na absorção de oligoelementos e de outros nutrientes chave pelo organismo. Vários estudos realizados em animais provam que a vitamina D influencia a fertilidade feminina. Os ratos fêmea com deficiência em vitamina D têm dificuldades em conceber crias saudáveis. Nos humanos, provou-se que a vitamina D é importante para uma gravidez saudável e para o desenvolvimento normal do feto. As mulheres com baixos níveis de vitamina D têm um maior risco de desenvolver complicações durante a gravidez e de os seus bebés terem pesos mais baixos à nascença.

Continue a ler

Vitamina E

Os estudos demonstraram que as mulheres que recebem tratamentos de fertilidade podem beneficiar de suplementação de vitamina E. Esta vitamina melhora a resposta do endométrio devido às suas propriedades antioxidantes e anticoagulantes. Além disso, também é benéfica para o desenvolvimento saudável do feto.

Continue a ler

Zinco

A manutenção de níveis hormonais saudáveis depende do zinco. Por esse motivo, este oligoelemento tem um papel muito importante para a fertilidade feminina. Durante a gravidez, os baixos níveis de zinco podem causar problemas relacionados com o desenvolvimento do feto, podendo causar também complicações no parto.

Continue a ler

O aumento da ingestão de nutrientes é benéfico para a fertilidade feminina

Certos nutrientes têm um papel muito importante para a fertilidade da mulher. Compreender de que forma os nutrientes afetam o sistema reprodutivo e o desenvolvimento do bebé pode ajudar as mulheres a optarem por um estilo de vida mais saudável. Garantir que o organismo recebe os nutrientes essenciais pode aumentar a fertilidade da mulher e contribuir para uma gravidez e desenvolvimento do bebé saudáveis.

Embora seja fácil encorajar as mulheres a consumirem muitos produtos frescos, para garantir a ingestão de níveis saudáveis dos nutrientes essenciais, essa tarefa nem sempre é fácil. Uma rotina diária atarefada, assim como diferentes estilos de vida podem fazer com que os níveis de nutrientes requeridos pelo organismo aumentem. Caso a mulher tenha um regime alimentar precário, o problema pode agravar-se e ter consequências negativas para a saúde reprodutiva.

Muitos especialistas recomendam suplementação de nutrientes às mulheres que desejam manter uma fertilidade saudável e aumentar as suas hipóteses de engravidar. Isto é uma forma acessível, prática e eficaz de garantir que o organismo recebe a nutrição de que necessita durante esta fase importante. Existem várias fórmulas no mercado concebidas especificamente para aumentar a saúde reprodutiva da mulher e o desenvolvimento normal do feto.

Antes de optar por uma solução de suplementação, é importante falar com o seu médico. Alguns suplementos são mais indicados para as mulheres que estão a tentar engravidar, enquanto outros são mais adequados para a fase da gravidez. Não é recomendável optar por um multivitamínico genérico, uma vez que o excesso de alguns nutrientes poderá ser prejudicial durante a gravidez. No entanto, o tipo de suplementação adequada aliado a um estilo de vida saudável, irão beneficiar a sua saúde reprodutiva.

Leave Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

clear formSubmit